Os resultados setoriais do ICEI mostram que 25 de 29 setores industriais continuam confiantes. Mudanças no nível de confiança reduziram diferenças por porte e região

Os Resultados Setoriais do Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI) de março de 2024 apresentam estabilidade da confiança na indústria de forma geral. Segundo a pesquisa da Confederação Nacional da Indústria (CNI), a confiança dos empresários industriais não mudou na análise por portes, regiões e setores. Assim como em fevereiro, 25 de 29 setores industriais estão confiantes. Este mês, 1841 empresas foram consultadas entre 1º e 11 de março.

Um setor fez uma transição da falta de confiança (abaixo de 50 pontos) para a confiança: móveis saiu de 47,1 para 51,3 pontos. Já o setor de equipamentos de informática, eletrônicos e ópticos fez a transição contrária, com queda de 50,3 para 49,4 pontos.

Os setores com maior índice de confiança em março são os de farmoquímicos e farmacêuticos (61,1 pontos); manutenção e reparação (57,4 pontos); bebidas (56,6 pontos); e perfumaria limpeza e higiene pessoal (56,3 pontos).

O ICEI varia de 0 a 100 pontos. Valores acima de 50 pontos indicam confiança do empresário. Valores abaixo de 50 pontos indicam falta de confiança.

Dados que mudaram por porte e por região reduziram a diferença da confiança geral

A confiança da indústria variou pouco nos diferentes portes de empresa. Nas pequenas empresas, houve avanço de 0,8 ponto; nas médias, recuo de 0,5 ponto; e nas grandes empresas, recuo de 0,3 ponto. O índice de todos os portes segue acima da linha divisória de 50 pontos e registrando confiança.

Por região, em março de 2024, a confiança da indústria caiu no Nordeste (-1,6 ponto) pela segunda vez consecutiva. Os dois recuos acumulam 4,5 pontos de queda.  No Centro-Oeste, também houve uma retração da confiança de 1,3 ponto.

Na região Sudeste, a confiança ficou praticamente estável (+0,1 ponto). Enquanto isso, no Norte e no Sul, a confiança teve leve avanço (+0,6 ponto em ambas as regiões).

Todas as regiões seguem confiantes em março, pois o índice segue acima da linha de corte de 50 pontos.

Sobre os resultados setoriais do ICEI

O ICEI, como um indicador antecedente do desempenho industrial, sinaliza as mudanças de tendência de variáveis como a produção industrial, o emprego e os investimentos na indústria. O ICEI Setorial apresenta os resultados da indústria extrativa, da construção e da transformação. A publicação também disponibiliza índices de confiança para os três portes de empresa (pequeno, médio e grande) e para as cinco regiões geográficas do país.

Fonte: CNI

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui