Nesta terça-feira (04/07), ao visitar fábrica produtora de condicionadores de ar que recebe incentivos fiscais da Zona Franca de Manaus (ZFM), o governador do Amazonas, Wilson Lima, reforçou que a reforma tributária que tramita na Câmara Federal precisa dar garantias de que o modelo econômico que emprega 500 mil pessoas – direta e indiretamente – no estado precisa ser preservado.

O governador visitou a fábrica Daikin Ar Condicionado Amazonas Ltda, localizado no bairro Tarumã, zona oeste. Ele destacou que o Amazonas é o segundo maior produtor mundial do segmento e que sua visita às empresas do Polo Industrial de Manaus reforçam o compromisso do Governo do Amazonas com o modelo.

“A Zona Franca de Manaus é nossa principal atividade econômica, daí o compromisso que o nosso governo tem com essas empresas que geram emprego, que geram renda, geram oportunidades. E a gente tem agora o processo da reforma tributária, que é algo que nos preocupa e a gente tem estado muito atento, participando das discussões no Congresso e também junto ao Governo Federal para que a competitividade dessas empresas sejam mantidas”, ressaltou Wilson Lima.

Ainda nesta terça-feira, o governador também anunciou que estará em Brasília para reunião com a bancada federal e na quarta-feira estará com o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, para que o Amazonas apresente seu ponto de vista sobre o que garante a competitividade do Polo Industrial de Manaus, incluindo a arrecadação do Estado.

O presidente da Daikin Amazonas, Masaru Kawakubo, que acompanhou o governador, agradeceu a visita e destacou o compromisso com o lado ambiental da empresa líder em produção de ar condicionados em nível mundial.

Fonte: JCAM

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui