Um grande galpão para a produção de motocicletas elétricas já a partir de 2024. Essa foi a principal novidade apresentada à Suframa pela Brudden da Amazônia, nesta quarta-feira (27), durante visita do superintendente Bosco Saraiva e equipe técnica da Autarquia ao local, na avenida Autaz Mirim nº115, Distrito Industrial, zona Sul. A previsão é que a montagem comece em novembro deste ano, para que a produção em 2024 se consolide em larga escala.

Com um perfil produtivo original voltado para a fabricação de equipamentos de ginástica no Polo Industrial de Manaus (PIM), agora a Brudden entra no ramo de mobilidade elétrica, com um produto elaborado no Amazonas e desenvolvido em território nacional, na cidade de Pompeia (SP), desde a concepção da motocicleta até o desenvolvimento de parceiros e fornecedores.

O investimento é de R$ 23 milhões e o projeto de diversificação foi aprovado no ano passado pelo Conselho de Administração da Suframa (CAS) e o Conselho de Desenvolvimento do Estado do Amazonas (Codam). “É mais uma organização a acreditar na Zona Franca de Manaus e no desenvolvimento sustentável da nossa região, em meio a tanto desconhecimento do que representa o projeto para a Amazônia e o País como um todo. Vamos continuar batendo na mesma tecla, de que é preciso retomar o caminho perdido, divulgar nossa vocação industrial, técnico-científica e mostrar que aqui, ainda somos referência também na fabricação de motocicletas elétricas”, destacou o superintendente Bosco Saraiva.

Integrante do grupo Jacto, especializado na produção de diversos equipamentos agrícolas e pulverizadores, a empresa é composta da Brudden da Amazônia, Brudden Nautica e Brudden Equipamentos (em Pompeia).

Na capital amazonense, destaca-se a produção de equipamentos fitness da marca Movement. Em São Paulo, a empresa produz uma linha completa de produtos que atendem ao bem estar e lazer das pessoas, nos mais variados segmentos como fitness residencial e profissional (Academias), agrícola, jardinagem, florestal e caiaques.

A Suframa foi recebida na visita pelo diretor-residente, Carlos Susumu Furuie; a gerente administrativa, Maria Keiko Uchida Furuie; e o gerente de Controladoria, Paulo Henrique Ferreira.

Fundação

A Brudden foi fundada por Takashi Nishimura em agosto de 1980, na cidade de Pompeia (SP). O nome Brudden surgiu da junção das palavras Bruder, que no idioma alemão significa irmão, e Garden, que em inglês quer dizer jardim. A logomarca, assim como as demais empresas do grupo Jacto, contempla o brasão da família Nishimura: o trevo de três folhas.

Fonte: Blog do Hiel Levy

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui