Economista e ex-deputado, Serafim destacou que a pasta continuará a colaborar nos debates da Reforma Tributária, em parceria com a Secretaria de Fazenda (Sefaz)

Giovanna Marinho

giovanna@acritica.com
16/08/2023 às 15:43.

Atualizado em 16/08/2023 às 15:43

Novo titular da Secretaria de Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação (Sedecti), o ex-deputado Serafim Correa (PSB) disse, em coletiva de imprensa na Sede do Governo nesta quarta-feira (16), que a prioridade é a finalização do Plano-Plurianual, norteador do orçamento do próximo quadriênio, que dever ser apresentado até outubro na Assembleia Legislativa do Amazonas (ALE-AM). Ele, que também é economista, destacou que a pasta continuará a colaborar nos debates da Reforma Tributária, em parceria com a Secretaria de Fazenda (Sefaz).

“Nós estaremos ao Lado da Sefaz, obviamente que eu já conversei com o secretário Alex Del Giglio, no sentido que haja uma ação de cooperação entre as duas secretárias, objetivando defender os nossos interesses perante o Senado Federal onde agora tramita a emenda e tem como relator o senador Eduardo Braga, o que dá para nos certa tranquilidade”, declarou o agora secretário.

A incerteza sobre o texto do novo marco tributário foi um ponto destacado para Correa. Ele afirma que tinha outra posição sobre a reforma, com uma proposta mais simplificada e que não precisasse mudar a Constituição, o que é “página virada” com o avanço da PEC 45/2019.

“Nossos direitos estão preservados, no entanto, esse é um jogo no dia a dia, o que é de um jeito hoje pode mudar amanhã e nós precisamos ter uma eterna vigilância acompanhando essa tramitação par e passo”, ponderou.

O anunciado do ex-deputado como secretário pelo governador Wilson Lima (UB), onde também foram anunciadas mudanças em outras 5 pastas. Após ser comanda em pelo empresário, Jório Veiga, a Sedecti acumula histórico de ser abrigo de políticos. Com a saída de Jório em abril do ano passado, o ex-deputado estadual, Angelus Figueira recebeu a pasta após deixar a cadeira de suplente na ALE-AM, onde permaneceu até janeiro deste ano, quando assumiu o ex-deputado federal, Pauderney Avelino ser exonerado.

Serafim concorreu a reeleição para a ALE-AM, mas não conseguiu ser reeleito. Ele assume o cargo que estava ocupado interinamente pelo secretário executivo da Sedecti, Marco Antônio Villela.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui