Evento reafirmou as parcerias com o Estado do Amazonas para geração de emprego, renda e educação

Em comemoração ao aniversário de 63 anos do imperador do Japão, Naruhito, no dia 23 de fevereiro, foi realizada na sexta-feira (03/03) uma celebração no Hotel Quality, na qual o Governo do Amazonas recebeu agradecimento pelo respeito e valorização da cultura japonesa e parcerias em setores como educação e economia.

A cerimônia, que contou com a presença do vice-governador do Estado, Tadeu de Souza, que representou o governador Wilson Lima, é a primeira desde que o imperador assumiu em 2019, pois a pandemia da Covid-19 impossibilitou a realização do evento nos anos anteriores.

“Hoje venho aqui representar o governador Wilson Lima e reconhecer a importância da valorização dessa cultura tão marcante em todo o Amazonas. Vocês são responsáveis por uma parte extremamente relevante da movimentação da economia no nosso estado, assim como a geração de empregos no Polo Industrial. Gratidão e parabéns por essa linda festa, que nos fala muito sobre respeito e valorização”, enfatizou o vice-governador, Tadeu de Souza.

A cultura japonesa é presente no Amazonas há quase um século, desde a chegada dos primeiros imigrantes, posteriormente na Zona Franca de Manaus, que abriga grandes empresas japonesas como a Moto Honda, Yamaha, Panasonic, Sony, Sanyo e Pioneer. E na educação, o Governo do Estado tem garantido investimentos para a Escola Estadual de Tempo Integral (EETI) Bilíngue Professor Djalma da Cunha Batista, localizada na zona sul de Manaus, primeira escola pública do país a ensinar o idioma japonês, e que tem Termo de Cooperação Técnica Educacional assinado entre a Secretaria de Estado de Educação (Seduc-AM) e a Fundação Japão.

“Este honorável estado do Amazonas possui a maior comunidade japonesa, com cerca de 30 mil descendentes japoneses, além das mais de 40 empresas japonesas atuando no Polo Industrial, gerando mais de 15 mil empregos diretos, e milhares de pessoas beneficiadas por essas empresas. E esta encantadora cidade, por iniciativa do governo estadual, Manaus é a única cidade com duas escolas bilíngues do idioma japonês, como cônsul gostaria de expressar meus sinceros agradecimentos”, comentou Masahiro Ogino, cônsul-geral do Japão.

Estiveram presentes no evento Hajime Hattori, presidente da Associação Nipo-Brasileira da Amazônia Ocidental; Marcelo Pereira, superintendente interino da Suframa, e demais representantes da cultura japonesa, assim como diretores das empresas da Zona Franca de Manaus e autoridades.

Fonte: Agência Amazonas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui