• Há 50 anos, no Amazonas, era
    criado o Instituto Euvaldo Lodi
    (IEL) com a missão de
    promover a entrada de jovens
    estudantes no mercado de
    trabalho por meio de estágio
    supervisionado, uma proposta
    avançada para a época. De lá
    para cá, o Instituto já bateu a
    marca dos 200 mil estágios
    efetivado ao longo da sua
    história no Estado. O diretor
    regional do IEL, Nelson
    Azevedo, diz que o Instituto é
    reconhecido por desenvolver estágios e carreiras, mas atende também as áreas de
    inovação e tecnologia, de estudos e pesquisas. “São serviços voltados à preparação de
    empreendedores”, diz.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui