Produção industrial do Amazonas registra queda de 13,9% em março, aponta IBGE

Apesar dessa retração, o Amazonas ainda mantém uma taxa positiva no acumulado do ano, com um crescimento de 4,4% na produção industrial, superando o índice nacional de 1,9%.
Por Márcio Siqueira
Segundo dados da Pesquisa Indústria Mensal (PIM) Regional, realizada pelo IBGE, a produção industrial do Amazonas apresentou uma queda significativa de 13,9% em março deste ano, interrompendo um período de três meses consecutivos de crescimento. Esse desempenho representa o maior recuo entre os 15 locais investigados pela pesquisa.
Comparado com o mesmo período do ano anterior, março de 2023, o estado também registrou uma queda de 10,9% na produção industrial. Esse cenário é atribuído ao desempenho dos setores de equipamentos de informática, produtos eletrônicos e ópticos, bebidas, produtos derivados do petróleo e biocombustíveis.
O índice industrial do Amazonas, que havia apresentado um crescimento de 2,9%, passou para -0,2% no acumulado dos últimos doze meses.
Apesar dessa retração, o Amazonas ainda mantém uma taxa positiva no acumulado do ano, com um crescimento de 4,4% na produção industrial, superando o índice nacional de 1,9%.
Bernardo Almeida, analista da pesquisa, observa que após um período de crescimento da indústria amazonense, março registrou um movimento estratégico de arrefecimento da produção.
“As principais influências nessa queda são do setor de equipamentos de informática, de produtos eletrônicos e ópticos. É uma atividade bastante atuante dentro da indústria amazonense por conta de alguns incentivos industriais no setor. No mês de março, observamos um movimento estratégico de arrefecimento da produção após três meses de crescimento”, justificou o analista.
Fonte: Real Time 1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui