Em cumprimento a um plano que visa à interiorização do desenvolvimento por meio dos incentivos fiscais administrados pela Suframa para municípios do Estado do Amazonas, a Autarquia visitará neste mês de agosto, o município de Anori (a 195 quilômetros de Manaus).

O objetivo é divulgar as oportunidades da Lei de Informática, dos incentivos fiscais da Amazônia Ocidental e das possibilidades de industrialização por meio da utilização de matéria-prima regional.

Dessa forma, a ação prevê também a extensão do processo de verticalização da cadeia produtiva para beneficiamento de matéria-prima do açaí, com possibilidade da instalação de agroindústrias no município e fomento à geração de emprego e renda para a população daquela localidade.

A agenda foi discutida na manhã de sexta-feira (11), na sede da Suframa, entre o superintendente da Autarquia, Bosco Saraiva, e o prefeito de Anori, Régis Nazaré. “Estou muito feliz por sermos o primeiro município a receber a Suframa, e com a possibilidade de instalação de agroindústrias, principalmente voltadas para a produção do açaí”, comemorou o prefeito. Banhado pelo Rio Solimões, Anori tem se destacado nos últimos anos pela produção do açaí e também da laranja. A população local é de quase 22 mil habitantes, segundo dados recentes do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

A economia da região é movida pelos setores de serviços, agricultura, pecuária e industrial. “Anori é referência na questão do açaí e queremos incentivar isso junto aos produtores e empresários locais. É um produto que tem obtido investimentos pesados no campo da inovação e tecnologia, não apenas por ser um fruto que pode ser consumido como suco, farinha de mandioca ou palmito, mas também por ter várias outras utilidades, utilizados, inclusive, como bioprodutos e bioenergia, e até como próteses para o corpo humano”, destaca o superintendente Bosco Saraiva.

Fonte: Portal do Marcos Santos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui