Márcio Siqueira

O faturamento de R$ 42,55 bilhões do setor representou 24,5% do faturamento total do PIM. O polo eletroeletrônico representou 18.7%.

O segmento de Bens de Informática liderou, com R$ 42,55 bilhões, representando 24,53% do faturamento total do PIM em 2023. Eletroeletrônico ficou em segundo, com R$ 32,46 bilhões (18,72%), seguido por Duas Rodas (17,76%), Químico (9,87%), e Termoplástico (8,37%).

Em 2023, o Polo Industrial de Manaus (PIM) registrou um faturamento de R$ 173,47 bilhões, o segundo melhor resultado nominal, que é a diferença entre receitas e despesas totais no exercício. Isso representa uma queda de 2,51% em comparação com 2022, quando atingiu o recorde histórico de R$ 177,92 bilhões.

“Foi um decréscimo pequeno, se nós considerarmos a força com que veio a estiagem. Nós ficamos cinquenta dias sem entrada de insumos para a Zona Franca e também cinquenta dias sem sair produtos finais pelo rio. Mas tudo está sendo retomado, não há capacidade ociosa e as empresas estão a todo vapor. Isso vai permitir que possamos recuperar a perda do ano passado por conta da estiagem” afirmou Serafim Correa, secretário da Sedecti durante reunião do Codam nesta quinta-feira (29).

Em dólar, o faturamento totalizou US$ 34.79 bilhões, um crescimento de 0,21% em relação a 2022 (US$ 34.71 bilhões) e o melhor resultado em moeda estrangeira desde 2014 (US$ 37,12 bilhões).

Vestuário e Calçados cresceram 35%

Já em relação ao crescimento percentual por subsetor, comparando 2023 e 2022, Vestuário e Calçados teve o maior crescimento (35,06%), seguido de Naval (30,14%), Editorial e Gráfico (28,17%) e Duas Rodas (17,97%).

Os principais produtos e seus respectivos faturamentos em 2023 foram:

  1. Motocicletas, motonetas e ciclomotos: R$ 24,65 bilhões / US$ 4.94 bilhões
  2. Televisores (LCD e OLED): R$ 21,10 bilhões / US$ 4.23 bilhões
  3. Telefones celulares: R$ 14,62 bilhões / US$ 2.91 bilhões
  4. Condicionadores de ar (split system): R$ 8,60 bilhões / US$ 1.72 bilhão

Os três produtos com maior crescimento percentual de produção comparando-se 2023 e 2022:

  1. Unidades condensadoras para split system: +328,06%
  2. Unidades evaporadoras para split system: +194,71%
  3. Receptores de sinal de televisão: +140,70%

Empregos no PIM

A mão de obra empregada fechou dezembro de 2023 com 112.230 trabalhadores, um aumento de 0,66% em relação a dezembro de 2022 (112.163).A média mensal de empregos em 2023 foi de 112.595, 1,46% superior à média de 2022 (110.976).

No acumulado de 2023, foram registradas 34.364 admissões e 32.615 demissões, resultando em um saldo positivo de 1.749 vagas.

Desde outubro de 2020, o PIM mantém consecutivamente uma marca mensal superior a 100 mil empregos.

Fonte: Real Time 1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui