Nesta quinta-feira (23), durante sua 304ª Reunião Ordinária, realizada por meio de videoconferência, o Conselho de Administração da Suframa (CAS) aprovou 31 projetos industriais, de serviços e agroindustriais, sendo 18 de implantação e 13 de ampliação, atualização ou diversificação. Os projetos somam investimentos totais de R$ 838 milhões, bem como estimam faturamento adicional de R$ 2,83 bilhões e a geração de 1.392 empregos na área incentivada da Zona Franca de Manaus nos próximos anos.

O superintendente da Suframa, Algacir Polsin, destacou, inicialmente, a qualidade e diversidade da pauta da 304ª Reunião do CAS, assim como o fato de o número de projetos na pauta desse encontro do Conselho (31) superar a média das reuniões dos últimos dois anos (29).

“São aproximadamente R$ 840 milhões em novos investimentos e quase 1.400 empregos previstos de ser gerados, inclusive, novos postos de trabalho na área do Distrito Agropecuário da Suframa. A pauta é composta em sua maioria por projetos de implantação, o que indica o interesse de investidores em continuarem apostando no modelo Zona Franca de Manaus. Temos muita satisfação com esses números e esperamos que esses projetos possam vir de fato a ser implantados e gerar os benefícios socioeconômicos esperados”, afirmou Polsin.

Projetos de destaques

Os destaques da pauta aprovada incluem as proposições de implantação das empresas Comércio e Indústria de Pneus Amazônia Ltda, para produção de pneus para bicicletas e motocicletas, com investimentos projetados de aproximadamente R$ 361 milhões e previsão de mão de obra adicional de 442 postos de trabalho; e Norpolim Nordeste Polímeros Indústria e Comércio de Termoplásticos Ltda, para produção de resinas modificadas e artigos de matéria plástica, com investimentos projetados de R$ 50,2 milhões e expectativa de geração de 79 empregos.

Outro projeto de implantação de destaque é o da empresa ACC Brasil Indústria e Comércio de Computadores Ltda, para produção de unidade digital de processamento, montada em um mesmo corpo ou gabinete, do tipo servidor, com previsão de investimentos superiores a R$ 34 milhões e geração de 18 novos empregos.

Por fim, a pauta também teve como destaque um projeto agropecuário, proposto pela empresa E. de L. e Lima Cia Ltda, para atividade pecuária e cultura de mandioca, açaí, banana, coco, laranja e milho no Distrito Agropecuário da Suframa (DAS), com investimentos projetados de R$ 3,9 milhões e expectativa de geração de 15 empregos.

Fonte: Real Time 1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui