Em visita realizada na tarde de sexta-feira (1º), no quilômetro 29 da rodovia AM-010, o superintendente da Suframa, Bosco Saraiva, reuniu-se com o chefe-geral da Empresa Brasileira de Pesquisa (Embrapa) na Amazônia, Everton Cordeiro, para tratar de assuntos relacionados a projetos desenvolvidos pelo órgão na área de pesquisa, desenvolvimento e inovação (PD&I), para obtenção de recursos da Lei de Informática. No momento, entre os projetos passíveis de receber os recursos advindos das empresas do Polo Industrial de Manaus (PIM), a empresa possui trabalho relevante na produção de hortaliças no viveiro automatizado com sensores; uma pesquisa interessante com microorganismos, que são muito eficientes no controle de doenças de animais, plantas e pessoas; e outra pesquisa no campo da reciclagem de componentes poluidores dos rios da região. Após a conversa realizada na “Sala Castanheira”, a comitiva composta também do superintendente adjunto Executivo da Autarquia, Frederico Aguiar, e dos superintendentes adjuntos Waldenir Vieira (Inovação Tecnológica) e Leopoldo Montenegro (Projetos), seguiu para conhecer as instalações do Laboratório de Biologia Molecular e Casa de Vegetação.

A Embrapa é uma unidade de pesquisa ecorregional criada em 1974, a partir da união de dois centros de referência na Amazônia: a Unidade de Execução de Pesquisa de Âmbito Estadual (Uepae – Manaus) e o Centro Nacional de Pesquisa de Seringueira e Dendê. “Viemos aqui conhecer os projetos que estão em desenvolvimento e aqueles que já foram desenvolvidos, que são resultados de tanta pesquisa feita aqui, e que podem gerar emprego e renda para a nossa população, especialmente a do interior do Estado”, disse o superintendente Bosco Saraiva.

A Embrapa foi convidada a comparecer à sede da Suframa para obter informações mais concretas sobre como utilizar a Lei de Informática e promover o desenvolvimento de tecnologia na área em que atua, chamada de Campo Experimental de Manaus, com aproximadamente 1,6 mil hectares e composto de 13 laboratórios, que prestam serviços especializados, inclusive, ao público externo. Também estiveram presentes na visita à Embrapa pela Suframa, o coordenador-geral de Análise e Acompanhamento de Projetos Agropecuários, Sérgio Muniz, e o assessor da Superintendência Adjunta Executiva, Ozenas Maciel. Pela empresa participaram a chefe-adjunta de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação Kátia Emídio; o chefe-adjunto de Transferência de Tecnologia, Olenilson Pinheiro; e o chefe-adjunto de Administração, Flávio Silva.

Fonte: Portal do Marcos Santos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui