Por Andreia Leite

Com a expectativa de atrair em torno de sete mil pessoas, começa, nesta quarta-feira (10), a primeira edição da Navegistic Navalshore Amazônia. O evento é resultado da união da Navalshore Amazônia e da Navegistic Manaus, as duas principais feiras do segmento logístico fluvial. Com a participação de 100 empresas e entidades, a feira apresenta produtos e serviços de mais de 300 marcas nacionais e internacionais. O encontro náutico se estende até o dia 11, no Centro de Convenções da Amazônia Vasco Vasques.

Pela primeira vez, as duas principais feiras do setor realizarão seus eventos juntas, representando todos os setores envolvidos na indústria fluvial: fornecedores de produtos e serviços para a construção e operação de embarcações, como fabricantes de motores e estaleiros. O evento contará ainda com a presença de empresas de navegação e terminais portuários fluviais, seja como expositores ou visitantes.

Ao longo dos três dias de realização do evento, haverá estímulo ao mercado por meio de interações em vários segmentos da indústria intermodal, logística fluvial, setor náutico e agronegócios. A edição deste ano terá uma área expandida, ocupando dois pavilhões do Centro de Convenções.

Para os organizadores das feiras, a fusão representa um momento histórico dentro do ramo de feiras e conferências.

De acordo com o diretor da Navegistic, Wilson David Semeghini, a combinação dessas duas feiras líderes em uma única criará uma plataforma mais ampla e diversificada para exibir produtos, tecnologias e serviços relacionados à indústria, além de garantir oportunidades excepcionais para estabelecer conexões comerciais sólidas, interagir com líderes do setor e explorar possíveis parcerias”, apontou.

Criada no ano passado, a Navegistic Navalshore Amazônia tornou-se a maior exposição fluvial da América Latina e fornecerá ampla contribuição para a marinha e a indústria naval da região Norte. Os organizadores destacam exemplos de fabricantes de motores, estaleiros, companhias marítimas e portos como expositores ou visitantes da feira.

A combinação destas duas exposições líderes numa só criará uma plataforma mais ampla e diversificada para apresentar produtos, tecnologias e serviços relevantes para a indústria e garantir a construção de fortes ligações comerciais, networking com líderes da indústria e uma grande oportunidade para explorar potenciais parcerias.

A fusão buscou concretizar as necessidades e vantagens dos recursos combinados, fornecendo aos clientes serviços conjuntos mais confiáveis. “Tudo isso pode atrair um público mais amplo e diversificado, aumentando a visibilidade e a participação dos eventos. Vemos a fusão dos espetáculos criando a colaboração entre as indústrias representadas, o que pode gerar oportunidades de negócios e aumentar a participação. Colaboração mais forte entre as empresas”, disse Semeghini, diretor da Navegistic.

Marcos Godoy, diretor da Navalshore e da Revista Portos e Navios, destacou que a dinâmica logística própria da região e a importância do rio como principal via de transporte impulsionaram a criação de um evento específico para a Amazônia.

“A região amazônica tem uma dinâmica de logística própria. Pela característica de o rio ser a principal estrada, a demanda por meios de transportes flutuantes é perene. Isso é histórico e proporcionou o desenvolvimento de uma indústria fluvial poderosa, para atender tanto o transporte de passageiros como de cargas”.

Com o evento, temos a oportunidade de reunir os principais players do mercado, compartilhar conhecimento e promover o desenvolvimento da indústria naval na Amazônia”, complementou Godoy.

Edição anterior

No ano passado, Manaus sediou a primeira exposição da indústria naval Navalshore Amazônia e Navegistic Manaus.

A feira internacional Navegistic Manaus sobre logística fluvial ocorreu entre os dias 16 a 18 de maio de 2023, no Centro de Convenções Studio 5, localizado na Avenida Rodrigo Otávio, bairro Distrito Industrial I, Zona Sul de Manaus.

A experiência buscou criar vínculos entre organizações, pessoas e profissionais, para a geração de negócios, progresso e desenvolvimento por meio de ferramentas de networking. A cadeia produtiva do setor naval, seja quem trabalha em área portuária, nas embarcações ou estaleiros foram o público alvo. O evento contou com palestras de representantes de diversas organizações.

Já a “Navalshore Amazônia”, ocorreu entre os dias 24 e 26 de maio de 2023, no Vasco Vasques. A feira e a conferência já acontecem tradicionalmente no Rio de Janeiro desde 2004.

Por dentro

A conferência que acontece paralelamente à feira terá três paineis, sobre os temas “Segurança na navegação fluvial na região Norte”, “Navegação interior – estratégias para navegabilidade durante a seca” e “Indústria naval fluvial – cenário e perspectivas”.

Estão confirmadas as participações do Presidente do Sindnaval (Sindicato da Indústria da Construção Naval, Náutica, Offshore e Reparos do Amazonas), Irani Bertolini; do Diretor-Executivo da Abac (Associação Brasileira de Armadores de Cabotagem), Luis Fernando Resano; do Diretor da Antaq (Agência Nacional de Transportes Aquaviários), Wilson Pereira de Lima Filho; do Presidente da Abani (Associação Brasileira para o Desenvolvimento da Navegação Interior), Dodó Carvalho; do Dnit (Diretor de Infraestrutura Aquaviária do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes), Erick Moura de Medeiros; do Diretor de Transporte Marítimo, Dutos e Terminais – Transpetro, Jones Soares; e do Professor Adjunto da Universidade Federal Fluminense – Escola de Engenharia Industrial Metalúrgica, Newton Narciso Pereira.

Segunda edição já tem data e novo nome

A segunda edição da feira e conferência já tem data e local: 7 a 9 de maio de 2025 no Centro de Convenções Vasco Vasques, em Manaus.

Seguindo a estratégia de consolidação da Navegistic Manaus e da Navalshore Amazônia, a partir de 2025 a feira passa a ser denominada NN Logística.

Wilson David Semeghini, diretor da NN Eventos, ressalta que “nos últimos anos, sempre fomos informados que a região Norte do Brasil necessitava de uma melhor atenção das empresas, com novas tecnologias e tendências do mercado. Com isso, a decisão foi tomada de criar a maior feira de logística fluvial da América Latina com a sede anual em Manaus, que terá representantes de empresas nacionais e internacionais de todos os segmentos da logística multimodal.

“A construção naval brasileira está em franco crescimento, bem como o transporte fluvial na região Norte. E a feira é uma excelente oportunidade dos players se encontrarem, apresentarem suas inovações tecnológicas e intensificarem o networking” , avalia Rosângela Vieira, diretora da NN Eventos.

BOX

SERVIÇO

Navegistic Navalshore Amazônia

Organização: NN Eventos

Onde: Centro de Convenções da Amazônia Vasco Vasques

Quando: 10 a 12 de abril de 2024

Website: https://navegisticnavalshore.com.br

Informações: https://bit.ly/3P4kVBc

FONTE: JCAM

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui